Aposta J-music: Yoko Hikasa

Aposta-J-music

Olá!

Depois de mais um tempo, voltando com a sessão destinadas a estréias dentro do J-music. Sei que apareceram bons artistas no ano de 2012 e, inclusive, já em janeiro deste ano tivemos duas gratas supresas, mas estarei falando de uma dubladora que ganhou grande expressão com um único anime anos atrás. Algo visto apenas com Aya Hirano e sua Haruhi Suzumiya (e demais dulbadores que participaram da série). Provavelmente tenha mais exemplos, mas é somente esse caso que me lembre de cabeça agora (por fazer tempo que não acompanho animes).

Estou falando de Yoko Hikasa, ou (que será) a eterna Mio Akiyama.

Hikasa Yoko mio akiyama

O anúncio do debut como cantora, ou seja, com lançamentos não relacionados diretamente à animes (como characters CD) de Yoko veio essa semana. Seu primeiro single, “Utsukushiki Zankoku na Sekai“, será tema do anime “Shingeki no Kyojin” e tem data de lançamento para 08/05. E também já tem informações do single seguinte: “Owaranai Uta“, que será tema do longa de animação “Haru“, e com previsão para sair para 05/07. Além de um álbum de colaborações (ainda sem título) para 17/07.

Acredito que muito devem conhecer muito bem que ela é, ou mais exatamente a sua voz. Yoko Hikasa é uma seiyuu (dubladora) que ganhou a fama por fazer a voz de Mio Akiyama, a baixista de K-ON!.

Esse era um debut que estava esperando há tempos, e até não entendia o porquê de não terem feito isso antes. Mio é a personagem mais popular da série, com (talvez) disputa ferrenha com a Yui Hirasawa. E sempre achei a voz de Yoko, mais grave no geral dentre as mulheres, muito boa, sendo que foi o grande motivo de ter a sua atenção (sem esquecer, lógico, do grande carisma da personagem). Tanto que as demais dubladoras do Hokago Tea Time também iniciaram sua carreira como cantora logo após o sucesso do anime.

Hokago Team Time seiyus

Aki Toyosaki (Yui) e Minako Kotobuki (Tsugumi Kotobuki) já possuem uma carreira de cantora sólida. Embora que tenham sido impulsionadas, além sucesso do anime, por causa da unit de seiyuus sphere, junto com Ayahi Tayagaki e Haruka Tomatsu, a qual eu gosto bastante e acompanho os lançamentos tanto grupo quanto das integrantes. O legal é que os trabalhos solos delas são bem diferentes de estilos e costumam beliscar o Top 10 semanal da Oricon.

Ayana Taketatsu, dubladora da Azusa, debutou ano passado. Ela já lançou 3 singles: “Sinfonia! Sinfonia!!!” (#7 na Oricon – 13.897), “Onpu no kuni no Alice” (#10 – 10.049) e “Jiku Tours” (#10 – 9,122), sendo esse último saiu agora no mês de janeiro. Mas suas músicas não me chamaram a atenção, tendo estilo mais infantil em relação aos trabalhos de Toyosaki e Kotobuki.

E agora, somente Satomi Sato (Ritsu) que ainda não começou uma carreira de cantora, separada de seus trabalhos nos animes.

Essa diferença nas carreiras delas deve-se parte pelas agências/gravadoras que estão associadas. Aki e Minako fazem parte da Music Ray’n, agência que fez uma audição com foco justamente para lançar dubladoras também como cantoras, e as vencedoras são o sphere.

Satomi faz parte da Aoni Production, enquanto que Ayana e Hiroko estão na I’m Enterprise. E já que Yoko vai lançar um álbum de colaborações, poderiam formar uma dupla com Ayana. Imagina Mio e Azusa cantando juntas?

Yoko Hikasa

A única certeza que vou aguardar ansiosamente pelo lançamento e as novidades que saírem nesse tempo (radio rip, PV). Espero por uma música ao estilo de “Don’t Say Lazy” ou “LISTEN!” para mostrar o verdadeiro potencial dela.

Fontes: Tokyohive, Generasia e Hello! Brasil

Aposta J-music: Dancing Dolls

Depois de um bom tempo, voltando com o espaço de apostas do J-music. O primeiro post foi com Leo Ieiri, e fico feliz de ter acertado sobre ela. Leo tem ganhado visibilidade e vendas, e muita gente está elogiando o seu trabalho, o que é merecido. Na minha primeira tentativa, acerteiem cheio. Vamos ver as próximas?

Na verdade, tenho para falar sobre duas artistas que já fizeram seu debut major nas últimas semanas. Infelizmente não tiveram o mesmo sucesso que Ieiri, mas continuo apostando em ambas para o futuro. Uma é outra cantora que pretendo fazer um post semana que vem. Enquanto isso vou falar que um novo grupo Dancing Dolls, quinteto feminino que realizou seu debut major com single “Touch -ASAP- / Shanghai Darling” em 12 de setembro.

Dancing Dolls é um grupo formado por 5 amigas de infância e que, no momento, estão no ensimo médio. Elas são de Osaka, e foram ganhando popularidade atrvés de apresentações no Osaka Castle Park e, principailmente, de vídeos de performances postados em seus canais no Youtube, Nico Nico Douga e outros. E após terem mais de 10 milhões de visualizações, conseguiram contrato com a Sony Music Japan e debutando como Dance&Vocal group e não grupo idol (mesmo caso das Fairies e E-Girls).

Infelizmente o canal “amador” delas foi fechado após seu debut, e o novo oficial está bloqueado para fora do Japão. Política adotada pela Sony Music Entertaiment (e que me deixa P da vida). Mas tem vídeos delas espalhados por aí, mostrando que elas já tem um boa base de fãs. Inclusive, elas já participaram de eventos/festivais dedicados a artistas que fazem sucesso pelo Nico Nico Douga.
Continuar lendo

Aposta J-music: Leo Ieiri

A cada ano sempre tem a expectativa de quais artistas e bandas vão realizar o debut no cenário principal (mainstream), e na espera de que vai realmente vingar ou se é apenas fogo de palha. Então qual conhecer uma das primeiras (grandes) apostas de 2012?

Leo Ieiri (家入レオ), nascida em 13/12/1994 – Fukuoka, é uma arista agenciada pela Victor Entertainment (mesma deSMAP, Southern All Stars, Sakanatcion, Kazuyoshi Saito, Jero) e gravadora Colourful Records.

Sabrina” é seu debut single, com lançamento para 15 de fevereiro. A música está sendo usada como 3º tema de encerramento do anime Toriko:

PV – preview

Edição Regular (CD)

Edição Limitada (CD+DVD)

CD
1. Sabrina (サブリナ)
2. ripe
3. Sabrina (Instrumental)
4. ripe (Instrumental)
DVD
1. Sabrina (MUSIC VIDEO)

Edição Limitada Toriko (CD)

CD
1. Sabrina (サブリナ)
2. Sabrina (Instrumental)

Desde que escutei pela primeira vez “Sabrina“, a música me cavitou de cara. E olha que foram poucos segundos. E agora estou viciado. Parte pelo estilo dela lembrar um pouco de miwa e YUI, em seus inícios de carreira.

E mesmo nem ter sido lançada fisicamente (“Sabrina” já está disponível para download), a música já está indo bem. Está a três semanas no Top40 do Hot 100 Billboard Japan. Inclusive alcançou a posição #7 semana passada. Tá certo que o anime pode ajudar na promoção, mas a música é muito boa e, por isso, acredito que ela consiga debutar no Top10 na Oricon semanal.

Só espero que os próximos singles dela também sejam bons, com agência e gravadora cuidando bem da careira de Leo. Além de ver ela em fazendo performance em algum programa agora com “Sabrina“.

Confiram o PV completo de “Sabrina“:

Indicados ao 53º Japan Record Awards – análise e previsões

Foram divulgados no dia 18, os indicados e vencedores para o 53º Japan Record Awards, principal prêmio da música japonesa.

O grande vencedor do “Japan Record Award” será escolhido dentre os já premiados como “Melhor Música”. AAA, Ikimonogakari e Kiyoshi Hikawa, indicados de 2010, estão novamente na lista este ano. Já EXILE, vencedor nos últimos três anos, ficou de fora. Enquanto que o prêmio de “Artista Revelação” vai para dentre quatro finalistas.

Os dois principais prêmios de “Japan Record Award” e “Artista Revelação” são os únicos que ainda não estão definidos. Tradicionalmente, são sempre anunciados apenas durante a cerimônia de premiação, no dia 30 de dezembro.

E desde já, com os finalistas definidos, fazem previsões dos vencedores. Além dos fãs torcendo para o seu artista favorito. E claro que não deixarei de dar o meu pitaco também.

Confiram os indicados. Começando com os indicados a Melhor Música (indicados para o Japan Record Award):

Continuar lendo

Previsões para o Kohaku Uta Gassen 2011

Já estamos no final do ano, e como sempre começa as expectativas para Kohaku Utagassen. Afinal, todos querem saber quem terá a honra de participar do principal programa musical. E claro, torcer para os seus artistas favoritos serem convidados.

E este blog, o qual possui o nome do evento em seu nome, não pode deixar de comentar, né? Então, vou tentar trazer o máximo de informações da edição deste ano.

A Oricon divulgou esta semana uma pequena lista de prováveis convidados. O mais exato é dizer que seja uma aposta da Oricon para quem poderá participar. Então não significa que estando aqui necessariamente vai estar no Kohaku. Mas é uma boa chance. Confiram:
Continuar lendo