J-Stuff #5: O mindfuck de Tsunku

De acordo com a Wikipédia, mindfuck (fuck – atrapalhar, confundir e mind – mente) é uma gíria inglesa que se aplica a algo ou alguém que intecionalmente tenta desestabilizar, confundir ou controlar a mente de outra pessoa por meio de manipulação mental e emocional. Pode referir-se também de forma positiva ao impacto da arte ou ações psíquicas na mente levando a uma reação pré-estabelecida.

Mas no caso deste post, seria algo relacionado a audição. Se bem que talvez esteja atribuindo erroneamente o termo aqui, mas a surpresa que causou quando descoberto.

Ontem (dia 16) foi lançada uma nova música do BeriKyuu, de como é chamada a unit do Berryz Koubou e ºC-ute. Mas o mais correto seria que a música foi descoberta, por ter sido gravada separadamente.

Essa música misteriosa é uma junção de “Because Happiness“, do “Ai no Album 8″ do Berryz, e “Shiawase no Tochuu“, do álbum ” Dainana Shou “Utsukushikutte Gomen ne”" do ºC-ute. Você precisa escutar as duas ao mesmo tempo, e o resultado da sincronização é a tal nova música, Berryz工房×℃-ute 合体バージョン.

Tsunku, produtor dos dois grupos e quem compôs as músicas, foi questionado por um fã sobre essa junção pelo twitter e o próprio confirmou que fez o truque para que as duas músicas, ao serem ouvidas juntas, resultasse em uma nova música dos dois grupos.

Então, confiram as músicas separadas e depois a fusão delas nos vídeos abaixos:

Essa idéia do Tsunku me fez lembrar de um caso semelhante. O álbum “Zaireeka“, do The Flaming Lips. O álbum foi dividido em 4 discos idênticos, com as mesmas faixas, porém com arranjos e orquestrações diferentes, que podem ser executados em até 4 CD players simultaneamente, de forma que o ouvinte pode escolher uma determinada combinação de discos: 2, 3 ou os 4 tocando ao mesmo tempo.

Lógico que o álbum foi um fracasso, porque era praticamente impossível ter quatro tocadores diferentes para escutar ao mesmo tempo. E agora Tsunku fez algo parecido, não tão produzido e, ao mesmo tempo, tão maluco quanto a banda norte-americana. Também contando com a ajuda da tecnologia e internet mais avançada para tornar esse efeito possível. Mas no final, não deixa de ser um caso único, sendo uma genialidade (ou loucura?) de Tsunku.

Off: Bem que ele podia usar essa criatividade em fazer músicas melhores para seus grupos e artistas do Hello! Project, né?

Não recordo de outros trabalhos musicais semelhantes. Se alguém souber, comente.

“Não contavam com a minha astúcia!”

FONTE: @lady_rise, J-Cast e Wikipédia